Lima / Peru

Do império Inca à colonização espanhola: A cidade peruana que promove o encontro entre o passado e o presente

Lima, a maior cidade do Peru, possui desde a sua fundação em 1535, o caráter de “capital”. Inicialmente, a capital do Império Espanhol na América, assumindo após a independência o posto de capital do país.

Diferente de muitas outras localidades que mantiveram o caráter predominantemente rural até os anos de 1950, Lima já despontava como uma cidade aristocrata e elitista, fato diretamente ligado à sua importância durante o período da colonização.

Situada às margens do Rio Rímac, Lima costumava ser vale de cultivo utilizado pela civilização Inca. Assim como diferentes impérios do passado, o desenvolvimento só foi possível devido a este fator e à fertilidade das terras na região.

Diferente do que ocorre em outras partes do País, em Lima, o clima é o marinho temperado por consequência da corrente de Humboldt que afeta a cidade. No inverno, as máximas chegam a 20°C, e no verão, atingem o pico de 30°C.

Antiga capital do Império Espanhol na América, Lima possui rica arquitetura colonial vista em museus, casarões e igrejas

Por consequência da ocupação espanhola e do seu título de capial, é em Lima que se encontram os principais museus, casarões e igrejas do Peru. Entre as construções de destaque do período colonial estão as componentes arquitetônicas da Plaza Mayor, onde está localizado o Palácio do Governo e a Catedral de Lima, ambos marcos históricos da cidade. Ainda com relação às importantes construções, destaca-se a Basílica y Convento de San Francisco de Lima, que sobreviveu ao devastador terremoto de 1746, que junta ao conjunto arquitetônico da Plaza Mayor, compõe um dos principais atrativos da cidade. Nesta igreja existem catacumbas subterrâneas com os ossos de pessoas que foram enterradas ali entre os séculos XVII e XVIII. Além da Basílica de São Francisco, o santuário de Las Nazarenas e a Basílica Menor y Convento de San Pedro também são importantes construções religiosas da Lima.

Nos arredores de Lima encontra-se um grande sítio arqueológico Inca

A 40km da região central de Lima estão as ruínas de Pachacámac, um grande sítio arqueológico que possui templos e pirâmides Incas. Já o Huaca Pucllana, é um sítio arqueológico dentro de um dos mais importantes bairros da cidade.

Em Lima também se encontra a Casa da Gastronomia Peruana, que consiste em museu que apresenta 500 anos da gastronomia local e todos os aspectos que permeiam a formação de sua cozinha. Em Miraflores, há o Museu do chocolate, indicado aos amantes desta iguaria. E por falar em cozinha peruana, esta recebe destaque na capital do país. É em Lima que estão localizados os principais restaurantes da culinária local onde se é possível degustar de deliciosas opções de ceviche, um picante de cuy e um lomo saltado.

No que diz respeito à vida noturna, há opções para todos os gostos. A principal recomendação é Barranco, o bairro mais boêmio da cidade que abriga inúmeros bares populares e casas de shows.

Para quem deseja realizar compras, o Larcomar é o shopping que contém lojas das principais marcas, além de apresentar um visual muito particular: A estrutura do Larcomar foi montada sob barrancos de Miraflores, e dele, é possível se ter uma bela vista do pacífico.

Museu Oro del Perú e Larco Herrera são algumas das opções de museus em Lima

Entre os principais museus da cidade, está o Museu Oro del Perú, que expõe peças feitas do material em diferentes tamanhos e para as quais foram dados usos igualmente distintos ao longo da história. Há também o Larco Herrera, voltado aos apreciadores de arqueologia.

Em Lima, assim como em qualquer outro ponto do Peru, é impossível fugir às heranças de seus ancestrais. A cidade promove o encontro entre o passado e o presente, e mescla as estruturas de sua antiga ocupação aos elementos contemporâneos de uma sociedade cosmopolita.

Fale com o Guto

Tem dúvidas ou quer alguma dica sobre Lima? Deixe sua pergunta que o Guto responde!

Guto Prior é turismólogo por paixão e viajante por opção, sócio-fundador da UP Turismo e blogueiro em www.vocenaviagem.com.br.

Dicas de viagem para Lima

  • Sempre negocie o preço com os taxistas antes de entrar
  • Atravesse a Ponte dos Suspiros sem soltar o ar e faça um pedido de amor
  • Almoce ou faça um lanche em um dos restaurantes litorâneos em Miraflores
  • Se tiver coragem, faça um voo de parapente sobre a praia
Quero viajar!Preencha seus dados e nossa equipe entrará em contato